fbpx

MENU

MENU

13 3307.5064 | 13 3307.5065

Café

CUIDADO COM “A PICADA DO MOSQUITO DA ALTA”!
30/03/2024

Com o feriado da Páscoa a semana foi “mais curta” porém não menos emocionante. Finalmente NY começou a andar e os três primeiros vencimentos Maio/Julho/Setembro-24 chegaram a romper rapidamente a importante resistência do topo da banda de Bollinger dos +50 dias (nos +190 centavos de dólar por libra-peso) negociando na máxima da semana respectivamente @ +192,50 / +191,40 / +190,85 centavos de dólar por libra-peso. Na quinta-feira o mercado, como esperado, realizou um pouco, realizando lucros – o vencimento Set-24 chegou a subir +865 pontos com mínima / máxima / fechamento respectivamente @ +182,20 / +190,85 / +187,60 centavos de dólar por libra-peso.

 

O volume negociado na semana em NY foi muito bom, acima dos +46 mil lotes/dia, chegando a negociar acima dos +74 mil lotes na quarta-feira. Creio que o “mercado” acionou alguns “stops” forçando alguns “vendidos” a zerar / rever posições. No próximo dia 12 de abril teremos o vencimento das opções no contrato Maio-24 e as posições em aberto nas opções nos “strikes/vencimentos” +190 / +195 / +200 / +205 / +210 centavos de dólar por libra-peso encerraram respectivamente em +2.103 / +1.010 / +3.467 / +725 / +1.668 lotes.    

 

Londres continuou surpreendendo com o vencimento Maio-24 negociando em novo recorde de preços @ +3.599 US$/tonelada – @ +215,90 US$/saca equivalente ou +1.079,48 R$/saca. Considerando que o mercado interno no Vietnam continuou negociando com um prêmio acima dos +500 US$/tonelada sobre a cotação da bolsa de Londres, então o café robusta no Vietnam continua negociando com um ágio sobre o café robusta brasileiro ainda acima dos +250 R$/saca.

 

O R$ ficou estacionado negociando entre +5,01 / +4,97 R$/US$ e encerrou a semana @ +5,0140 R$/US$. Desta forma o mercado interno continuou negociando entre +920 / +1.150 R$/saca para o café arábica (dependendo da qualidade / local de entrega e certificados) e acima dos +950 R$/saca para o café robusta!

 

Mesmo com o início das operações da colheita em algumas regiões do café tipo robusta o mercado continua firme! Por enquanto nada de “pressão de venda” por parte do produtor. Segundo relatos de muitos produtores, como houve uma florada irregular em muitas áreas alguns talhões já estão prontos para colher. Porém outros, na mesma área, ainda estão em processo de maturação. Desta forma, as chuvas recentes derrubaram muitos grãos maduros e, por enquanto, ainda não vale a pena iniciar as operações de colheita pois existe grande risco em afetar o rendimento das lavouras e principalmente, aumentar os custos.

 

As exportações brasileiras no mês de março-24 deverão novamente beliscar os +4,00 milhões de sacas. Com base na última atualização da Cecafé* – e ainda faltando 4 dias corridos para encerrar as apurações – o Brasil já havia emitido autorização para exportar +3,74 milhões de sacas e já havia exportado +3,33 milhões de sacas. Desta forma, creio que o número final para o mês de março-24 deverá encerrar entre +3,90 / +4,10 milhões de sacas! Considerando que serão exportadas +4,00 milhões de sacas, então, até o momento no período Julho-23/Março-24 o Brasil já terá exportado +34,58 milhões de sacas contra +27,78 milhões de sacas comparado ao mesmo período da safra anterior 22/23, e +30,44 milhões de sacas durante mesmo período da safra 21/22!

 

Com a demanda firme pelo café brasileiro, senão houver nenhuma surpresa nos próximos 3 meses, creio que o Brasil irá terminar o ano safra 23/24 exportando aproximadamente +45 milhões de sacas confirmado a tese de muitos onde a safra brasileira 23/24 ficou mesmo acima dos +65 milhões de sacas (pelo menos +12% acima da projeção inicial da Conab* estimada em +58 milhões de sacas).

 

Muitos analistas estão estimando que a safra 24/25 deverá ser “um pouco acima da safra atual”, “uns 5%”! Se isso ocorrer, então a próxima safra 24/25 deverá ficar entre +67/+69,80 milhões de sacas! Ou, quem sabe, voltar a superar os +70 milhões de sacas! Muitos produtores não concordam com essas estimativas. Porém não temos como questionar os números uma vez que nesta safra 23/24 até o momento não faltou café (novamente a Conab* provou que a sua estimativa ficou abaixo da realidade). Mesmo com o café robusta negociando acima dos +900 R$/saca durante os últimos 30 dias! Tanto o mercado interno quanto o mercado externo continuam bem abastecidos e confirmando que existe sim muito produto ainda disponível nas mãos do produtor.

 

O “mosquito da alta” picou os produtores e muitos ainda continuam apostando na alta dos preços. Porém, infelizmente, poucos estão se protegendo comprando opção de venda “put*”. Já vimos esse filme antes quando o café chegou a negociar acima dos +1.600 R$/saca para em seguida “despencar” para os +750 R$/saca! O café robusta está negociando praticamente a +50% acima do preço estimado por praticamente todo o mercado. Acima dos +900 R$/saca! Com o mercado do cacau explodindo muitos ainda acreditam que o mesmo irá ocorrer com o café! Muito cuidado pois são mercados com particularidades, fundamentos e quadros de “Oferta x Demanda” totalmente distintos.

 

Continuo positivo para o médio prazo. Se eu fosse produtor também estaria “sentado” no meu estoque/produção aguardando por preços melhores, MAS estaria investindo parte do meu dinheiro na compra de seguro, protegendo o piso em pelo menos +850 R$/saca para o café tipo robusta e pelo menos os +1.000 R$/saca para o café tipo arábica.

 

Produtor: como sempre, PROTEJÁ-SE!

 

Já vimos que o mercado “sobe de escadas e desce de elevador”.

 

Negocie com o seu comprador (cooperativa / trading) a venda do seu produto apenas se ele te oferecer o seguro através da compra da opção de venda “put*” / estrutura “put-spread*” – onde você irá se comprometer a vender para esse seu parceiro. Neste caso você estará assumindo o compromisso em “entregar” apenas a quantidade real da sua colheita e estará protegido pela quantidade do “seguro” adquirido. Se você decidir em vender X mil sacas já a preço fixo, primordial exigir a compra do seguro contra alguma eventual quebra na sua safra – através da compra de uma opção de compra “call*” ou estrutura “call-spread*”.   

 

Muito cuidado daqui pra frente pois ainda estamos no outono e o inverno ainda nem começou!

 

 

Nesta Páscoa gostaria de partilhar rapidamente com você uma e outra tradição milenar desse dia santo e festivo comemorado, de um jeito ou de outro, em todo o planeta.

 

A Páscoa, que em hebraico significa Pessach ou “passar sobre” ou “passover” em inglês, foi a primeira celebração santa estabelecida por Deus (Yahweh) para os judeus e todos os crentes (Êx 12; Dt 16.31 KJA). É mais celebrada que o Yom Kippur e Hanukkah.

 

O Talmud ensina que nessa época de comemoração é muito importante e abençoador dar “maot chitim” (dinheiro de trigo ou de pão) aos pobres. Quer dizer, ajudar aos necessitados para que tenham seu pão de Páscoa. Curiosamente, essa é uma das principais “mitzvot” (ordenanças).

 

Outro fato valioso e curioso é o costume de se tomar quatro taças de bom vinho tinto no “Seder” a ceia de Pascoa judaica. Segundo o Midrash, essa tradição relembra a interpretação do sonho do Copeiro do Rei do Egito por José.

 

Em Gn 40.1-15 José revela o excelente futuro que viria para esse Copeiro. E José pede a esse amigo Copeiro (uma espécie de mordomo de alta confiança do rei) que o lembrasse ao rei quando então esse momento maravilhoso chegasse.

 

Mas, o “passuk” (versículo) 23, desde mesmo capítulo nos informa que, simplesmente, o Copeiro, amigo de José, esquecera-se completamente dele. Você já se sentiu nessa situação? Esquecido depois de ter feito tanto bem a alguém? Eu já.

 

Pois bem, esse é mais um símbolo e uma lição vital da nossa Páscoa. Quando Jesus reúne seus amigos e discípulos para a Ceia e ergue um brinde e uma memória com vinho e matzah (o pão sem fermento e duro, parecido a uma base de pizza), além das bem conhecidas metáforas do “sangue” e do “corpo”, Yeshua, Jesus, estava comunicando de forma bem visual aos seus amigos:

 

“Não me esquecerei de cada um de vocês e jamais lhes deixarei faltar a minha companhia, o sustento e a plena satisfação!”. Chag Pessach Sameach / Feliz Celebração de Páscoa! (Oswaldo Paião)

 

 

Feliz Pácoa e uma boa semana a todos!

 

Marcelo Fraga Moreira*

 

*Marcelo Fraga Moreira é um profissional há mais de 30 anos atuando no mercado de commodities agrícolas, escreve este relatório sobre café semanalmente como colaborador da Archer Consulting.

** “Call” = opção de Compra

** “Put” = opção de Venda

** “Compra Call-Spread” = compra e venda simultânea de 2 Opções de Compra comprando a Opção com preço de exercício mais baixo vendendo a Opção com preço de exercício mais alto);

** “Venda Call-Spread” = venda e compra simultânea 2 Opções de Compra vendendo a Opção com preço de exercício mais baixo e comprando a Opção com preço de exercício mais alto);

** “Compra Put-Spread” = compra e venda simultânea 2 Opções de Venda comprando a Opção com preço de exercício  mais alto e vendendo a Opção com preço de exercício mais baixo);

** “Venda Put-Spread” = venda e compra simultânea 2 Opções de Venda vendendo a Opção com preço de exercício  mais alto e comprando a Opção com preço de exercício mais baixo);

** “CFTC” = Commodity Futures Trading Commission – agência independente do governo dos Estados Unidos que regula os mercados de futuros e opções das commodities;

** “IBGE” = Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

 ** “Cecafé” = Conselho dos Exportadores de Café do Brasil

** “SECEX” = Secretaria comércio exterior

** “CNC” = Conselho Nacional do Café

** “USDA” = Departamento da Agricultura dos Estados Unidos

** “FNC” = Federação Nacional dos Cafeicultores da Colômbia

** “FAS” = Serviço Agrícola Estrangeiro do USDA*

** “OIC” = Organização Internacional do Café

** “GCA” = Green Coffee Association

** “ABIC” = Associação Brasileira da Indústria de Café

** “Sincal” = Associação dos Produtores do Brasil

** “NDF” = (Non-Deliverable Forward), um contrato a termo de moeda com liquidação financeira, com vencimento para aquele mês

** “Pib” = Produto Interno Bruto

** “FED” = Banco Central Americano

** “NOAA” = Departamento Nacional da Atmosfera e Oceanos dos Estados Unidos

** “EUROSTAT”  = Serviço de Estatística da União Europeia responsável pela publicação de estatísticas e indicadores de elevada qualidade a nível europeu que permite a comparação entre países e regiões

** “OPEP” = A Organização dos Países Exportadores de Petróleo

** “FOMO” = É caracterizada pela necessidade constante que uma pessoa tem de saber o que outras estão fazendo. FOMO, sigla que vem da expressão em inglês “fear of missing out”, que traduzida para o português significa “medo de ficar de fora”.

o investidor fica com receio em perder uma oportunidade no mercado e sai “comprando ou vendendo” para não ficar de fora da “oportunidade” divulgada na mídia (FOMO = Free of missing out A Organização dos Países Exportadores de Petróleo

** “COOXUPÉ” = Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé

** “Coccamig” = Cooperativa Central de Cafeicultores e Agropecuaristas de Minas Gerais

** “PIB” = Produto interno Bruto de um país

** “COPOM” = Comitê de Política Monetária, é um órgão do Banco Central. Ele foi criado em 1996 com o objetivo de traçar e acompanhar a política monetária do país. Esse é o órgão responsável pelo estabelecimento de diretrizes a respeito da taxa de juros

** “BASIS” = O basis é a disparidade de preço causada pela diferença geográfica entre os pontos de entrega da commodity. Ele é calculado subtraindo o valor da commodity no mercado físico em determinada praça, pelo preço do mesmo produto no mercado futuro.

** “Bandas de bollinger” = do inglês bollinger bands, é um indicador de volatilidade bastante utilizado para prever se um ativo está sobre-comprado, estável ou sobre-vendido. Ele é formado por duas médias móveis, uma superior e outra inferior que indicam tal informação. São alguns atributos desse indicador:

  • Antever os níveis de preço de um ativo
  • Antecipar topos e fundos de preço no gráfico
  • Mostrar a intensidade de valorização ou desvalorização de um ativo

Portanto, este indicador tenta mostrar se uma ação está barata ou cara, em um determinado período de tempo.

Desse modo, ele é indicado para operações de curto prazo, day trade ou swing trade.

O autor da técnica é o americano John Bollinger (nascido em 1950), analista financeiro e colaborador da área de análise técnica. John lançou o seu livro Bollinger on Bollinger Bands em 2001, mas essa técnica começou a ser desenvolvida por ele ainda na década de 1980. As bandas são derivadas das médias móveis e mostram que, independente de qualquer movimento que o preço faça, ele tende a voltar a um equilíbrio. Portanto, temos aí um “estreitamento das bandas” no gráfico de candlestick.

** “PMI” = A sigla PMI significa, em inglês, Purchasing Manager’s Index e é um indicador que mede a atividade econômica de um país a partir de pesquisas mensais realizadas por uma empresa privada.

Assim, o PMI também é conhecido como Índice de Gerentes de Compra e seu principal objetivo é fornecer informações sobre a temperatura de alguns setores da economia e orientar os diversos profissionais do mercado.

Receba comentários semanais do mercado







Saiba mais sobre nossos cursos in company

Confira valores, disponibilidade e datas.

Estou interessado

Café

MERCADO AINDA EM CONSOLIDAÇÃO – ATÉ QUANDO (2)?

18/05/2024

ler mais

Açúcar

A IGNORÂNCIA É UMA BENÇÃO?

18/05/2024

ler mais

Café

MERCADO EM CONSOLIDAÇÃO – ATÉ QUANDO?

11/05/2024

ler mais

Receba comentários semanais do mercado